Resenha ~ O Duque que eu conquistei


Os segredos de Charlotte Street #01

Oi pessoal, o livro que venho falar hoje é a novidade em romance de época na Arqueiro, a nova autora da casa e que já é um queridinho de várias leitoras. Vou escrever sobre O duque que eu conquistei, carinhosamente apelidado de o duque do chicotinho... risos.... A minha leitura dele me fez pensar que para um romance de época este é um livro onde você irá gostar por vários aspectos chegando a amá-lo ou vai detestar talvez pelos mesmos aspectos e pode até odiá-lo. É uma história bem complexa, onde certos aspectos só Freud explica. Eu fiquei num meio termo. Gostei muito do mocinho, já a mocinha testou minha paciência.

“Archer estendeu a mão debaixo do lenço e passou os dedos ao longo do cordão de couro que usava no pescoço. A chave de ferro dentada que segurava era fria, um lembrete do que estava em jogo. Sua salvação. Sua sanidade. Seu eu secreto e privado.”

Archer Stonewell, duque de Westmead é um homem atormentado pelas situações da vida. Ele se tornou duque após o falecimento do seu irmão e pai, restando na família somente ele e sua irmã caçula. Ele é um homem extremamente próspero e faz todas as vontades de sua irmã, até aceitar reformar a antiga residência de campo da família que foi destruída após um incêndio e promover um baile para encontrar uma noiva. Porém tudo o que ele deseja é encontrar uma mulher que deseje seu título e fortuna, lhe dê um herdeiro, mas deixe ele e seus segredos em paz. Ele só não contava em não conseguir mandar no coração.

Poppy Cavendish é uma jovem dama fora dos padrões. Ela deseja ser independente financeiramente e principalmente dos homens, porém a sociedade não dava muitas condições para isso. Mesmo assim, com a ajuda de seu tio que a criava, ela tinha um horto, e se auto sustentava. Porém com a morte dele ela precisava urgentemente mudar todas as suas plantas para a única propriedade ao qual seu tio pode deixar para ela em testamento. Ela só não tinha tempo e dinheiro para fazer tudo o que precisava.

Eis que então ela acaba aceitando a proposta de lady Constance, irmã do duque para decorar a casa com flores para o baile de reinauguração da residência. Após um verdadeiro embate comercial com o duque ela acaba por aceitar a proposta e a história se desenrola a partir daí. Quero aqui acrescentar que eu amei a irmã do duque, quero muito um livro especial sobre a mesma, que garota maravilhosa.

Eu curtir a narrativa da história desde o início, ri muito em algumas cenas e fiquei muito curiosa com o segredo do duque. No meio do livro eu já estava completamente apaixonada pelo Archer, querendo muito arrumar um psicanalista para ele tadinho e querendo dar uns tabefes na Poppy. Fui até o final da história em um piscar de olhos... risos.. li o livro todo no mesmo dia.

A escrita da autora é boa, como disse a narrativa é bem fluida, a história tem seus pontos clichês, mas ao mesmo tempo que as “novidades” faz com que ela seja única. A autora nos traz uma questão bem diferenciada no quesito de romance de época ao qual estamos acostumados, o que faz gerar ou não, polêmica, mas que para mim não é motivo de discussão. Não é nada pesado ao ponto de me fazer não ter vontade de ler. Algumas pessoas chegaram a fazer comparação com um outro livro que ficou bem famoso por causa da polêmica gerada em torno dele, porém acredito deve ser lido e analisado de forma diferente. Para mim cada história é uma história a ser lida e sentida individualmente.

Estou me expressando como me senti lendo este livro e declarar que sim, eu gostei, mas não estou apaixonada por ele, já que não consegui amar a Poppy, apesar de não desgostar dela. Creio que apesar da muita vontade que estava de lê-lo, não ter criado grandes expectativas me ajudou a ter uma visão mais ampla da história e assim curtir a leitura de maneira satisfatória. Recomendo que você leia e tire suas próprias conclusões a respeito da mesma. Torço para que se divirta com a leitura, assim como eu.

Nota: 

Boa leitura,

Gostou? Clique para adquirir : e-book  / Físico




Sobre o Livro ~ Informações Técnicas



O Duque que eu conquistei
Série: Os segredos de Charlotte Street
Autora: Scarlett Peckham
Título original: The Duke I Tempted
Páginas: 288
Ano: 2020
Tradução: Geni Hirata
Editora: Arqueiro

Depois de superar a ruína financeira, redimir o nome de sua família e se tornar o mais lendário investidor de Londres, o duque de Westmead precisa garantir a continuidade de seu título e de sua fortuna. A única forma de fazer isso é gerar um herdeiro.

Para isso ele tem que arranjar uma esposa que não interfira nos anseios sombrios que ele satisfaz na calada da noite nem faça exigências ao seu coração trancado para o amor.

Poppy Cavendish, a ambiciosa florista contratada pela irmã de Westmead para decorar seu salão de baile, não é esse tipo de mulher. Ela sempre lutou contra as convenções sociais para manter a própria independência e, por isso, o matrimônio nunca esteve em seus planos.

Mas agora Poppy precisa de capital para expandir seu negócio de plantas exóticas. E a atração que sente pelo duque é tão irresistível que, quando um escândalo acidental torna o casamento com ele o único meio de salvar seu ganha-pão, ela teme querer mais do que o título que ele oferece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário