Resenha ~ Aqui, agora, sempre


Olá pessoal, dizem que experimentar novos autores é bom, eu particularmente tenho um pouco de receio de ler algo novo sem ter nenhuma indicação, principalmente sem saber se o final do livro vai ser feliz, mas de vez em quando eu me aventuro em ler novos romances e foi o que aconteceu com este livro. Um romance que me prendeu na sinopse por causa do suspense e o drama retratado e resolvi dar uma chance para conhecer a escrita desta autora. Confesso desde já que não me arrependi.


A história já começa em um momento dramático e que irá permear todo o futuro a frente dos personagens. Jess não tem uma família perfeita, mas seus pais sempre fizeram de tudo para ser bons pais. Quando ela engravida do Adam, mesmo sabendo que ele não planejava ter filhos, ela esperava que já que aconteceu, ele iria fazer o possível para ser um bom pai e ficar com ela. Mas não é assim que os fatos se desenrolam e por fim, após o dia do nascimento do William o relacionamento dos dois foi de ladeira a baixo.

Ela seguiu em frente como mãe solteira, tendo toda a ajuda de seus pais e uma mínima participação do Adam, afinal pagar pensão não torna ninguém pai. Mas o William ama o pai, mesmo convivendo pouco com ele. Após 10 anos sua mãe lhe convence a ir passar todo o período de férias no interior da França onde o pai do Adam vive sendo proprietário de um “hotel” rustico onde as pessoas alugam chalés ao invés de quartos. Mesmo preocupada em deixar a mãe, ela sabe que precisa fazer isso. Afinal Adam e William precisam se conhecer mais profundamente e realmente passar um tempo juntos para se tornarem pai e filho.

 Aqui entra um fato bacana da história é que eles não se tornaram inimigos, a Jess passou a ter um relacionamento de amigos distantes com o Adam. A personagem fica intercalando relatos do momento presente com lembranças do passado e assim vamos entendendo o enredo da história, porém aos poucos vamos percebendo também que o Adam apesar de ter sido fraco no início, não foi o único culpado pelo fim trágico do relacionamento dos dois. E passamos a ter uma certa simpatia por ele.

Uma coisa bem bacana na história é o envolvimento de outros personagens e seus próprios dramas familiares em meio ao a história do casal principal. Eu realmente me comovi muito em determinadas partes e ri bastante em outras. Tive uma empatia muito bacana com a Jess, mesmo querendo dar uns tapas nela em alguns momentos. E a medida que vamos lendo a gente quer saber porque era tão importante esta viagem e quais as verdadeiras motivações da Jess.

Eu achei a escrita da autora excelente e amei o livro, mesmo tendo algumas ressalvas pessoais na história. A autora conseguiu criar um suspense bacana e me surpreender com o final, fiquei muito feliz pois foi além do estava imaginando ao ler a sinopse. Me lembrou muito um livro que li no início deste ano de uma autora nacional sobre sua própria história. É um livro que nos traz lindas lições de vida e nos mostra o quanto o amor, de todas as formas, é importante em nossas vidas.

“– Você pode achar que eu devia ter muitos arrependimentos, Jess, mas não tenho nenhum. Casei com um o homem que amo e tenho uma filha que adoro, e tenho a sorte de ter passado muitos anos com os dois. – Ela segurou minha mão. – Eu não estou morrendo da doença de Huntington. (...) – Estou vivendo com isso – ela disse. – Existe uma diferença. Estou vivendo como se cada dia fosse o último. E até as coisas ficarem realmente feias, é o que pretendo fazer.”

Não vou falar mais pois não quero dar spoiler, nem consegui destacar muitos trechos do livro para citar para realmente não estragar a experiência de leitura de ninguém, mas o trecho acima realmente é especial, pois como disse, é uma história de ficção que me lembrou uma história real. Boa leitura,


Nota: 4,5



Sobre o Livro ~ Informações Técnicas


Aqui, Agora, Sempre
Autora: Catherine Isaac
Título Original: 
Tradução: Alyda Sauer
Páginas: 352
Editora: Rocco

Sinopse:
Cansada de suas mentiras e de sua falta de interesse pela paternidade, Jess abandona o namorado Adam apenas alguns meses depois do nascimento de seu filho.Dez anos depois, Jess e o filho William decidem passar o verão no Château de Roussignol, nas profundezas das ricas colinas ensolaradas da Dordonha, no sudoeste francês. É lá que Adam administra um lindo hotel em um castelo restaurado. Jardins luxuriantes, uma bela piscina, a maravilhosa comida francesa e uma lista aparentemente interminável de vinhos imperdíveis – como não gostar? 

Como era de se esperar, Jess fica impressionada com tudo o que Adam conquistou durante todos esses anos. Mas sua viagem para o interior da França tem um motivo muito mais urgente: fazer Adam se apaixonar por seu próprio filho.Adam tem outras ideias, porém – além de outra namorada –, e não parece inclinado a mudar seu novo estilo de vida só porque Jess e William apareceram em cena. Sua relutância em nada surpreende Jess, mas William – que rapidamente faz do pai seu ídolo – não quer nada além de se divertir com ele. E Jess não pode permitir que Adam decepcione seu filho, principalmente porque ela esconde um segredo de família que ninguém – especialmente William –deve descobrir. Divertido, comovente e repleto de esperança, Aqui, agora, sempre é um romance sobre a determinação de uma mulher diante das incertezas que a cercam, e que fará de tudo para recuperar a harmonia de sua família. É também uma história romântica tão inebriante quanto um Sancerre em um dia de verão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário