Resenha - A Redenção

The Travis Family #02

Oi pessoal, esta resenha é sobre o segundo livro da série The Travis Family, A Redenção, uma série contemporânea da Lisa Kleypas, publicada pela editora Gutenberg. Esta história consegue ser mais forte que a primeira, pois no primeiro livro temos a questão da superação da pobreza mantendo a integridade pessoal. Este livro aborda um tema que infelizmente está muito presente em nossa sociedade da pior maneira possível.


Resenhas das outras histórias:  A protegida #01 || A busca #03

Haven Travis é a única filha de Churchill Travis e a caçula da família, ela é uma jovem com alguns complexos, está cursando uma faculdade para mulheres e na cidade onde está estudando conheceu o Nick, estando apaixonada por ele, aceita seu pedido de casamento e o leva para conhecer sua família no casamento do seu irmão Gage, esperando que o seu apoie sua decisão, porém ele fala francamente com ela que o rapaz está apenas interessado na fortuna deles e que se ela resolver casar com ele, ela será cortada do seu testamento e poderia esquecer-lhe para qualquer coisa, revoltada e não querendo ouvir nada que fosse contra sua vontade, se casou com ele apoio do Gage e eles se mudaram para Dallas, porém com o passar do tempo o amor virou um grande pesadelo.

 "Haven... ser forte também significa ser capaz de admitir que precisa de ajuda às vezes. Você entrou nesse casamento sozinha, sofreu bastante sozinha, e com certeza não precisa sair dele sozinha. Me deixe bancar seu irmão mais velho.”

Hardy Cates é um homem que se fez rico, apesar do que aprontou para a Liberty e seu noivo o Gage, ele realmente a tem como uma amiga e resolve aparecer em seu casamento de penetra e lá ele conhece a Haven. Mais de dois anos depois, eles acabam por se encontrar, quando ela substituindo uma corretora, o leva para conhecer o antigo apartamento de seu irmão que ele está pensando alugar. Ele não esperava que a atração que sentiu por ela no casamento ainda estivesse presente, mas como ele sempre correu atrás do que queria, estando ela solteira, resolveu lhe conquistar. Ele só não contava que a ligação entre os dois fosse ser tão forte.

“Sim, eu sabia aonde iria chegar, ele disse, afinal, a voz suave. Eu sempre soube que faria o que fosse necessário. Vivendo em um estacionamento de trailers, correndo com um grupo de garotos descalços... minha vida toda estava traçada para mim, e eu com certeza não gostava do que via. Então eu sempre soube que aproveitaria minha oportunidade quando ela aparecesse. E se ela não viesse, eu faria algo acontecer.”

Neste livro temos uma história construída mais sobre a família Travis, temos um envolvimento bem maior dos outros personagens na história da Haven, ficamos conhecendo mais a personalidade dos outros dois irmãos que serão os protagonistas dos próximos livros. Preciso dizer que achei a Haven bem mimizenta e infantil, mas ela ganha minha simpatia no final. Já o Hardy é o típico personagem da Lisa que a gente detesta no livro anterior, mas se apaixona na história dele. Não vou entrar em muitos detalhes, pois por mais que você possa imaginar o que acontece na história, nada vai superar a leitura. Outra coisa que preciso muito comentar é que por mais que não concordemos com nossos pais, quando eles falam que determinada pessoa não presta, principalmente um namorado(a), acredite, é quase praga.

“Sabe, ouvi Oliver dizer (...) Minha irmã disse que o que mais a ajudou foi ouvir que não tinha sido culpa dela. Ela precisava ouvir muito isso. Então eu quero ser o primeiro a lhe dizer... não foi culpa sua.”

Por abordar temas tão relevantes, profundos e atuais, este livro nos faz refletir e entender um pouco sobre algumas formas de violência que podemos enfrentar na nossa vida, seja na família ou no trabalho e seus reflexos posteriores na vida da pessoa que sofre a agressão, sejam físicas ou psicológicas, como também algumas outras atitudes comportamentais que determinadas pessoas possuem. Mesmo na releitura eu não fiquei sem me emocionar com o enredo da história.
Boa leitura


Nota: 



Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

A Redenção
The Travis Family
Autora: Lisa Kleypas
Título original: Blue eyed Devil
Páginas: 256
Ano de edição: 2016
Tradução: A. C. Reis
Editora: Gutenberg

Sinopse
QUANDO OS DESTINOS DE DUAS PESSOAS MARCADAS PELA VIOLÊNCIA SE CRUZAM, É PRECISO ESCOLHER UM CAMINHO A SEGUIR: O AMOR OU A DOR.

Herdeira caçula de um verdadeiro império, Haven é uma mulher obstinada que vive de acordo com os próprios princípios e não tem medo de bater de frente com o pai, Churchill Travis, um dos homens mais ricos e respeitados do Texas. Mas ao cortar relações com ele para se casar com um jovem que sua família desaprova, Haven vê sua vida se transformar num verdadeiro inferno… e não tem para quem pedir ajuda.

Dois anos depois, Haven volta para casa, com a alma abatida e o coração fechado, determinada a reconstruir sua vida sozinha. Mas Hardy Cates e seus irresistíveis olhos azuis cruzam seu caminho, e ele é a última pessoa que ela precisa encontrar.

Hardy é o mais novo magnata da indústria petroleira de Houston, um homem de sangue quente que aprendeu desde muito cedo a não confiar em ninguém e que nunca mediu esforços para chegar aonde quer: ao topo! Em sua jornada alimentada pela ambição desmedida, ele conquista poder e inimigos, incluindo os membros da poderosa família Travis. O que ele não esperava era sentir suas defesas serem abaladas pela herdeira da família…

Duas pessoas que aprenderam da pior maneira que o amor pode ser o inimigo mais cruel. Será que vão conseguir deixar todos os traumas para trás diante de uma nova chance?


“Quando se é sistematicamente agredida, sua capacidade crítica vai sendo solapada até o ponto em que é quase impossível tomar decisões.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário