Resenha ~ Um sedutor sem coração



Os Ravenels #01

Oi pessoal, a Lisa Kleypas é uma autora que também curto bastante, ela já teve duas séries maravilhosas de romances de época publicadas pela editora Arqueiro e agora está em com uma terceira série sendo publicada, Os Ravenels. Assim como a Nora é uma autora bastante versátil, como vocês já puderam perceber, estamos ampliando os horizontes, por assim dizer, no Pretenses, publicando resenhas de outras autoras, mas fiquem tranquilos, vamos nos ater ao mundo dos romances, uma grande paixão minha, e a variedade só no mundo Nora.

Temos então o primeiro livro desta série, Um Sedutor sem Coração, que assim como nas outras séries, por ser o primeiro, é o livro introdutório, nos apresentando basicamente todos os personagens principais, que dão vida a esta primeira história, bem como as histórias seguintes. A Lisa sempre trabalha como uma continuidade, um livro sempre deixando um gancho para o próximo, aquela ponto que nos deixa na expectativa de continuar a ler. Confesso que a minha expectativa então para a segunda história é imensa.


Devon Ravenel é um membro da aristocracia sem titulo, até que ele herda o título de Conde e toda a herança com o falecimento do seu detestável primo. Por levar uma vida de completa folga e libertinagem com seu irmão Weston, o plano dos dois é vender tudo e não assumir nenhuma responsabilidade. Mas ele não contava com o imenso sentimento de dever, juntamente com uma alta dose de desafio, ao chegar à propriedade do Priorado Eversby e conhecer a jovem viúva, suas primas que se ficaram sobre sua tutela, bem como os empregados e alguns dos arrendatários. Então ele contrariando todas as possibilidades ele resolve tentar levantar recursos e revolver os problemas do condado herdado, e de quebra conquistar a linda viúva e provar para ela que ele é muito melhor que seu ex-marido. A união entre os dois irmãos é um dos pontos mais legais desta história neste desafio, é claro que West resolveu apoiar e tentar ajudar o seu irmão, mas ele terá que mudar a si próprio primeiro, aliais, os dois terão que mudar.

“- Todos nesta propriedade estão lutando para sobreviver... e todos nós dependemos do seu irmão, que está tentando resolver problemas que de forma alguma ajudou a criar. Mas, em vez de tentar ajudar, o senhor escolhe beber até o estupor e ficar cambaleando por aí como um tolo egoísta e idiota... – Ela se esforçou para engolir um soluço de raiva, antes de continuar, baixinho: - Volte para Londres. O senhor não tem utilidade para ninguém aqui. Coloque a culpa em mim, se quiser. Diga a lorde Trenear que fui uma megera e que não conseguiu suportar. Ele não terá problemas em acreditar nisso.”

Quando li esta parte tive que concordar com o final, Kathleen é realmente uma chata na maior parte, não que o Devon seja um dos melhores personagens, mas é bem mais legal que ela. Porém o que realmente fez este livro ser muito legal para mim é os personagens que complementam a história para dar origem à série, o West é realmente maravilhoso e as primas Helen, Cassandra e Pandora, tornam a história realmente divertida e especial.

A Lisa conseguiu criar uma trama realmente emocionante para fazer a gente querer ler os próximos livros, mesmo que neste o casal principal não nos desperte muita simpatia, mas eles têm os seus momentos. Sendo assim, no geral o livro pra mim realmente valeu a pena a leitura e indico para que você possa acompanhar a série, porque os próximos sempre são melhores. E se você já leu as séries anteriores dela, já deve ter percebido que seus personagens que são os “vilões”, acabam sendo sempre os melhores. Boa leitura,


Nota: 


Sobre o Livro ~ Informações Técnicas


Um sedutor sem coração
Autora: Lisa Kleypas
Título original: Cold-hearted Rake
Páginas: 320
Ano de edição: 2018
Tradução: Ana Rodrigues
Editora: Arqueiro

Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.
A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.
Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.
Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?
Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário