Resenha ~ Um Beijo à Meia-Noite

Baixe um Trecho do Livro
Contos de Fadas #02

Oi pessoal, esse segundo livro é uma releitura do conto da Cinderela, e estou curtindo bastante a proposta da autora, principalmente por que apesar de ser uma série, os livros são histórias independentes e podem ser lidos em qualquer ordem que não atrapalha em nada. já na expectativa para a leitura do terceiro.

Katherine Daltry viu seu mundo ruir após a morte de sua mãe e seu pai casar-se novamente, lhe dando uma madrasta e uma meia irmã, e para piorar veio a falecer logo depois lhe deixando numa situação bastante triste e complicada, pois foi relegada ao sótão da casa e ainda passou a ser tratada praticamente como uma criada. Tudo o que sua madrasta Mariana sabe fazer é gastar com ela e sua linda filha Victoria. Com medo de todos os empregados antigos serem despedidos e a terra fosse a falência devido a má administração da Mariana, kate se viu obrigada a permanecer, e com isso o tempo passou e ela já estava com 23 anos quando seu mundo voltou a ser perturbado.

É então que mesmo contra a sua vontade, Kate acaba por aceita ir viajar com o noivo de Victória, Lorde Dimsdale, para o Castelo de Pomeroy em Lancashire, onde participará do baile de noivado do Príncipe, fingindo ser sua irmã. E para colaborar com o disfarce, ela ainda terá que levar junto os três cachorros de sua irmã, apelidados pelos criados de “ratos”, mas se chamam Caesar, Coco e Freddi... será que isto vai prestar??

“- Terei que mantê-lo em uma coleira – disse Kate. – Receio que seja destemido demais. Ele não tem miolos. – Nenhum? Kate balançou a cabeça. – Nenhum que eu posso constatar. Berwick ergueu a sobrancelha. Ela sorriu para ele como se estivesse em casa, brincando com Cherryderry. – Ele é macho. Notei que nesse caso, às vezes, o cérebro simplesmente não faz parte da equação”.

Você pode até se perguntar por que estou dando destaque aos cachorros, e respondo que eles têm parte fundamental na história, principalmente nos momentos engraçados e muitas vezes na interação dos personagens. Eles com certeza vão te encantar, ou pelo menos te divertirem bastante.

Gabriel Augustus e mais vários sobrenomes.. rsrsrsrsrs, é o filho legítimo caçula de sua família e depois que seu irmão o Gran-Duque Augustus resolveu mandar embora de sua corte todos e tudo que  não se adequava a seu novo sistema ou ofendesse sua nova devoção religiosa, Assim Gabriel foi embora da corte e com um alto censo de justiça e responsabilidade resolveu assumir a responsabilidade sobre todo, então ele herdou o Castelo de Pomeroy e todos foram para lá. Ele só não imaginava como isto seria complicado e que para cuidar do castelo e de todos que ali moram, precisaria se casar com uma rica herdeira.

– Gabriel quis rir em voz alta enquanto observava, atônito, a Srta. Daltry virar-lhe as costas. Bem feito para ele por tirar conclusões precipitadas e pensar que todas as mulheres desejavam ser princesas. Ou que qualquer inglesa gostaria dele apenas por ser príncipe. Aquela inglesa concluíra, em alguns segundos, que ele era um imbecil presunçoso. Dava pra ver nos olhos dela, no ato de empinar seu nariz belo e delicado.

Para mim a história ficou muito boa, li em apenas um dia, pois queria chegar ao final desesperadamente, os personagens secundários são ótimos e ficou uma releitura bem diferente das que já foram feita; a escrita da autora permanece ótima e mantendo a qualidade do primeiro livro desta série. Eu amei o personagem do Gabriel, já a kate pra mim foi bem mimizenta em alguns momentos, mas damos um desconto. O final foi lindo!!!

O desejo de Gabriel por Kate é real ou apenas imaginário? Ela vai se deixar seduzir, mesmo sabendo que ele ficará comprometido em breve ou não? E o mais importante, a Kate vai conseguir finalmente ter um momento de satisfação, realização e felicidade em sua vida? Você precisa ler para descobrir isto e muito mais.

Este não é o meu conto de fadas favorito, porém como já disse, a autora conseguiu criar uma história maravilhosa, contendo todos os personagens fundamentais, inclusive a “fada madrinha”, ou você já estava achando que ela ficou de fora? Pois ela existe e é ótima. Que você se divirta e se emocione com este livro que está lindo, desde a capa, as folhas de impressão e sua tradução.
Boa leitura,

Nota: 


Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Um beijo à meia-noite
Autora: Eloisa James
Título original: A kiss at midnight
Páginas: 320
Ano de edição: 2017
Tradução: Lívia Almeida
Editora: Arqueiro

Sinopse
Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível. E irritante. A atração entre eles é imediata e fulminante, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo. Um beijo à meia-noite é um conto de fadas inspirado na história de Cinderela.

10 comentários:

  1. Ei! Tudo bem?

    Eu amo a Eloisa, amo releituras, mas detestei esse livro hahah O Gabriel foi o meu maior problema, que personagem machista!
    Mas fico feliz em saber, que mesmo não sendo sua história favorita, você gostou bastante :)

    Beijos!
    http://www.365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a história tem seus pontos legais e personagens redentores, mas os principais realmente não são os melhores. Valeu pelo comentário. Bjs

      Excluir
  2. Oiee!!

    Adoro releituras e essa parece ser ótima!
    Gostei da parte dos cachorros, adoro quando tem algum animalzinho na história e esses parecem dar um toque especial!
    Dica anotada!!

    bjs
    Fe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a Eloisa tem feito um trabalho bem bacana, mas o primeiro ainda é o favorito da galera. Bjs

      Excluir
  3. Oii Carolina
    Ainda não li os livros da Eloisa James e para ser sincera tenho minhas dúvidas se realmente vou fazer isso. Apesar de gostar da premissa, não curto tanto releituras porque elas sempre me parecem iguais. Muito embora recentemente tenha tido uma grata surpresa com As Crônicas Lunares (PS: se você curte fantasia - ação - romance leia, vai amar)
    Mas eu amei sua resenha. Me deu uma boa perspectiva do livro. Prometo que se tiver a chance não vou deixar passar a oportunidade.
    Beijos.


    Blog: fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jessica, a Eloisa tem uma escrita bem bacana e suas releituras são bem originais e diferente dos mais do mesmo, vale a pena a conferida. Vou a notar sua dica. Bjs

      Excluir
  4. Oi Carol,

    Ainda não li nada da Eloisa James, mas tenho certeza que vou amar a escrita dela. Amei tua resenha e fiquei ainda mais curiosa para ler. Só fato do livro ter sido lido em um dia já dá pra perceber que é uma ótima leitura <3 Necessito!

    Bjokas da Elo!<3
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elô, é bem difícil para mim demorar na leitura de um romance de época, mas a leitura é bem fluida, a escrita da Eloisa é bem bacana e mesmo este não sendo o livro que mais gostei por enquanto vale a leitura. Bjs

      Excluir
  5. Eu sou fã de releituras! Às vezes amo mais que os originais rsrs
    Um enredo que poderia ser maçante, mas se torna romanticamente perfeito né!

    Osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, eu sou meio termo em relação a releituras, na realidade é meio difícil para mim perceber isto e ficar fazendo comparações. Mas prezo bastante pela originalidade mesmo se tendo por base histórias já consagradas ou antigas. Bjs

      Excluir