Resenha ~ História de um grande Amor


Oi Noraholics, creio já ter expressado meu imenso amor por romances, e este amor surgiu com a leitura dos livros publicados na minha juventude pela Editora Nova Cultural, que posteriormente passou a ser pela Harlequin Books Brasil. Livros que receberam o apelido de romances de banca, por serem seus locais habituais de venda, mas que também poderiam ser comprados por assinatura. Livros publicados em séries com nome de mulheres (Julia, Bianca, Sabrina) e num formato pra se levar na bolsa e de valor bem mais acessível que os livros de brochura de livraria e tendo como publico alvo as mulheres casadas, mas, que justamente pelo seu valor e fácil acesso para compra, sempre foi adquirido também pelo publico adolescente e jovem e com certeza, muitas vezes eram lidos escondidos dos pais.

Julga muito errado quem fala mal destes livros e suas histórias, principalmente porque a maioria das autoras de romances internacionais consagradas começaram suas publicações assim, através desta linha simples de publicação editorial. Hoje existe a plataforma digital, mas não se compara a um livro impresso. Havia uma série chamada de Clássicos Históricos, hoje bem conhecido como Romances de Época que estão tendo suas histórias republicadas no país através de várias editoras grandes e todo mundo está amando adquirir, além de outras que nunca antes foram publicadas no Brasil, mas, que quem ama este gênero com certeza já leu em pdf a maioria.

Quero falar de uma relíquia que tenho, uma história da consagrada Julia Quinn, publicada em 2008 no Brasil pela Nova Cultural e que espero com ansiedade a republicação dela pela Arqueiro, para ter o livro com uma qualidade de impressão melhor. “História de um grande Amor” é um dos meus livros favoritos desta autora e guardo com muito carinho a edição que tenho.


"Um romance maravilhoso" Nora Roberts (orelha do livro)

Mirandar Cheever é a melhor amiga desde a infância de lady Olivia Bevelstoke, elas cresceram juntas devido suas residências em Ambleside, no distrito dos Lagos, serem próximas. Para Miranda isto era um imenso prestígio, afinal sua família não era da nobreza, mas era aceita sem restrições pelo conde e a condessa de Rudland. Também não era por menos, já que desde pequena, a Miranda sempre teve um efeito benéfico no comportamento de Olívia, para a alegria da condessa. A amizade da Miranda era em suma com toda a família, tanto que sua apresentação à corte foi planejada com o apoio do conde e da condessa para ocorrer junto com a de Olivia.

Porém esta história começa com ela tendo apenas 10 anos de idade e se apaixonando pelo irmão mais velho da Olivia, Nigel Bevelstoke, o visconde Turner, quando ele lhe disse as palavras mais lindas que ela já ouvira em toda a sua curta vida e lhe deu um importante conselho, que ela começasse a escrever um diário, para colocar nele seus pensamentos e os acontecimentos do seu dia a dia e no futuro pudesse rir de tudo. Ela só não contava que o seu amor fosse permanecer com o passar do tempo, afinal a chance dele vir a sentir o mesmo por ela era nulo.

 “– No futuro, quando for adulta, será tão bonita como já é inteligente. E lendo o diário, entenderá que meninas parecidas com Fiona Bennet podem ser muito tolas. Dará risada ao lembrar-se das palavras de sua mãe ao afirmar que suas pernas começavam nos ombros. E talvez dê um pequeno sorriso ao recordar-se da nossa conversa agradável de hoje.”

Nove anos depois deste fato, tudo o que Nigel Bevelstoke queria naquele momento era sumir e finalmente tentar um pouco de paz, mas ele já esperava a pressão materna para apadrinhar a irmã bem como Miranda na apresentação a corte, dançando com elas. Com certeza sua irmã linda como era iria arrebatar a sociedade, mas a Miranda era muito discreta, com uma beleza mais clássica e realmente poderia precisar de ajuda para arrumar um pretendente. Ele só não contava com o seu próprio interesse e encanto por ela, afinal, casar-se novamente não estava em absoluto em seus planos.

Uma história escrita, com muita emoção e diversão envolvida como a JQ sabe fazer tão bem. Um romance no real sentido da palavra que me encantou quando li a primeira vez uns oito anos atrás pra mais e me encanta e emociona até hoje. Tenho certeza que vocês também irão se encantar e caso alguém encontre num sebo, esta edição antiga, não deixe passar, afinal, não se sabe quando a Arqueiro irá e principalmente se vai republicar esta história.

Talvez por ter sido o primeiro livro da Júlia que li eu seja tão apaixonada por ele, mas para mim ele é cinco estrelas com um coração.
Boa leitura,
Nota:  



Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

História de um grande amor
Autora: Júlia Quinn
Título original: The Secret Diaries of Miss Miranda Cheever
Páginas: 317
Ano de edição: 2008
Tradução: Sulamita Pen
Editora: Nova Cultural

Sinopse
Inglaterra Dia 2 de março de 1810:
Hoje, eu me apaixonei... Aos dez anos de idade, Miranda Cheever não dava sinais de que fosse se transformar numa bela mulher. 
E mesmo com tão pouca idade, ela aprendeu a não alimentar expectativas de encontrar um grande amor... até àquela tarde em que Nigel Bevelstoke, o charmoso e atraente visconde Turner, beijou sua mão e disse que um dia ela cresceria e seria uma jovem linda e cativante, tanto quanto era simpática e inteligente. E foi nesse dia que Miranda soube que amaria aquele homem para sempre...

14 comentários:

  1. Ei! Tudo bem?

    Que legal conhecer o seu primeiro contato com a Nora, fiquei muito empolgada com a história. Acredito que seu carinho pelo livro tenha sido representado muito bem, por isso sua emoção foi passada. Parabéns!

    Beijos!
    http://www.365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, na realidade este foi meu primeiro amor pela autora Julia Quinn... Bjs

      Excluir
  2. Oii Carolina
    Eu amo de mais a Júlia Quinn. Eu li esse livro no começo deste ano e também achei tocante a história que a autora colocou. A Júlia tem dessas de nos tocar com algo simples.
    Amei sua resenha.
    Beijos.

    Blog: fanficcao.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada... amo romances no geral, mas estes são o estilo que mais curto. Bjs

      Excluir
  3. Ahhh, realmente, esses livros de bancas são umas relíquias. Hoje não se dá muito valor mais como antes.
    Não conhecia esse livro da JQ, mas tem uma história bem instigante. Segue a linha da maioria dos romances dela, pelo que percebi, mas gostaria de conferir esse livro, se não for hot como os outros, haha.

    Beijos,
    https://eusouumpoucodecadalivroqueli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKkk.. tem umas cenas calientes mas é mais romântico mesmo... também creio que ela manteve sua linha de escrita. Bjs

      Excluir
  4. Fiquei encantada! Já vou pesquisar se acho hehehe AMO essas edições, tenho muito carinho tb!
    E a história parece super fofa, no melhor estilo da Julia mesmo!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.. é um amorzinho... Tô querendo a nova edição da Arqueiro.. guardarei as suas... Bjs

      Excluir
  5. Oláaa Carol,
    Que resenha linda, amo demais a série Bevelstoke da Julia Quinn, estou ansiosíssima para editora Arqueiro publicá-la. Gosto muito da história de Miranda e Nigel<3. Essa série foi a segunda que li da autora e de fato é muito divertida. Sua resenha me deixou cheia de saudades, doida para reler <3 Estou fazendo um especial da Quinn lá no blog e falarei dos Bevelstoke esta semana quando puder dê uma conferida lá :****

    Bjokas da Elo!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá... vou dar uma olhada sim... tbm estou na expectativa dos lançamentos pela Arqueiro... que bom que você curtiu. Bjs

      Excluir
  6. Oie! Super me identifiquei com o que você disse. Se não fosse os tais romances de banca, talvez eu nem seria uma leitora, porque a leitura assídua começou lá kkkkk. Enfim, ah que resenha mais linda! Eu amo quando os personagens que se gostam se conhecem há bastante tempo, porque já conhecem um ao outro de verdade e o sentimento foi algo que se construiu e foi desenvolvido. Enfim, fiquei doida para conhecer essa história e agora vou procurar esse livro loucamente rs. Amei demais a resenha. Beijos!

    http://abducaoliteraria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Gisele, obrigada pelo carinho!!! Este livro é muito fofo... vc vai curtir a leitura... bjs

      Excluir
  7. Oi, tudo bem ?

    Júlia Quinn com certeza é um fenômeno, pois já vi muitos posts sobre suas obras e seus livros é claro que estão sempre sendo citados.Então ler esse post e seu ponto de vista só reforçou que está mais do que na hora de ler romances de época e poder ver toda beleza que neles possui. A trama e toda a proposta estão bem interessantes e com toda certeza é uma ótima indicação .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo ótimo... é um gênero que curto bastante. Muito bom para sair da rotina... aproveite mesmo a dica e espero que curta bastante. Bjs

      Excluir