Resenha ~ Estrela Secreta


Trilogia As Estrelas de Mithra #03

Enfim, vamos falar sobre o terceiro livro da trilogia, As Estrelas de Mithra, Estrela Secreta, onde teremos o desfecho das aventuras pelas quais as três amigas estão passando. Quando chegamos neste terceiro livro já temos uma visão um pouco melhor do porque as coisas estão acontecendo e quem está por traz de todo o mistério. Pela época em que o livro foi escrito, podemos ver bem as similaridades entre as histórias que citei na resenha anterior, numa versão aprimorada e em histórias bem mais elaboradas. Apesar de todo suspense e drama no enredo desta trilogia, o foco principal mesmo é o romance que surge com o encontro dos personagens principais... ohhhh... diga-se de passagem é o que mais amo, afinal, estou lendo um romance.

Este terceiro livro é o que eu mais gosto, principalmente da personagem feminina, que possui muita grana e beleza, mas a sua personalidade real é o contrário daquilo que mostra para a sociedade, afinal, como ela é verdadeiramente com suas amigas e em seu particular, não precisa ser de conhecimento público.

Resenha das outras histórias: Estrela Oculta #01 Estrela Cativa #02


Graice Fontaine é aquele tipo de personagem que não tem como a gente não gostar. Ela demonstra todo o poder que uma mulher pode ter e que não devemos buscar viver nos preocupando com o que os outros pensam de nós, o que importa é o que a gente pensa sobre nós mesmos. Sua família não vale nada, mas a verdadeira amizade pode ser melhor que tudo.

“- As pessoas acreditam no que querem acreditar”.

Seth Buchanan é o detetive responsável pelo caso, a história começa com a narrativa dele nos dando uma cena surpreendente, mas é claro que ficamos apenas na expectativa do que a Nora preparou para esta história. Ele é aquele tipo de pessoa que só enxerga o que está á frente dos seus olhos e cria um preconceito sobre o que vê, no caso da Grace, antes mesmo de conhecê-la ele a vê apenas como uma fútil e mimada patricinha que deve atiçar a vida de muitos homens por ser linda e se vê extremamente irritado por deseja-la. É simplesmente maravilhoso vê-lo “quebrando a cara” a respeito de seus julgamentos sobre a Grace.

“Apenas aquela visão abalava o sistema de todos os homens? Perguntou-se Seth. Ou ele estava particular e especificamente vulnerável? Concluiu que seria difícil conviver com qualquer que fosse a resposta e saiu do carro”.

Com já disse, este é o livro da trilogia que mais gostei, principalmente por ser a conclusão e pelo desenrolar do romance do casal principal, sem falar que temos a continuidade da participação dos casais dos livros anteriores. Os livros são bem curtinhos então não podemos falar muito né, senão a história perde a graça. Vale a pena a leitura da trilogia para um pouco de suspense policial leve e diversão garantida em poucas horas. Aquele tipo de leitura para relaxar e curar ressacas.
Boa leitura,
Nota: 

Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Estrela Secreta
Trilogia As Estrelas de Mithra
Título original: Secret Star
Páginas: 288
Ano de edição: 2013
Tradução: Deborah Barros
Editora: Harlequin Books


Sinopse
Seth Buchanan mal podia acreditar que uma mulher tão bela estava morta... e com uma pistola na mão... Mas seu caso de homicídio toma outros rumos quando Grace Fontaine se mostra bastante viva, e revela ter consigo um enorme diamante azul, uma das três Estrelas de Mithra. Policial frio e racional, ele não permite que os sentimentos interfiram em seu trabalho. 
No entanto, os encantos femininos de Grace o fazem desejar desvendar primeiro seus segredos e deixar os diamantes para depois....

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha, Carol. Apesar desta trilogia ser a que menos gostei das escritas por nossa querida Nora sempre detectamos um poder inquestionável das personagens femininas, não é mesmo?
    E, olha que o romance original foi publicado há 20 anos!
    Vamos torcer para que seja lançado, ainda este ano, mais um volume da série Mortal. Eu gostaria muito que a defasagem entre os lançamentos diminuísse um pouquinho.
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada... Eu também não sou apaixonada por esta série, mas ela é um exemplo de como uma autora evolui maravilhosamente em sua escrita quando ama o que faz. Tenho que me animar a ler a série mortal, confesso que amo mais o lado romântico da Nora.. rsrsrs... bjs

      Excluir
    2. Bem, Carol, não existe personagem mais romântico que Roarke da série Mortal. Nora Roberts caprichou de verdade nele.
      Beijão, querida.

      Excluir