Cinema NoraRoberts - Lua de Sangue


Título no Brasil: Lua de Sangue (2007)
Título Original: Carolina Moon
Direção: Stephen Tolkin
Gênero: Romance / Suspense
Duração: 90 minutos
Idade Indicativa: 12 anos

Sinopse
Tory (Claire Forlani) retorna à sua cidade natal para resolver uma situação do passado. Sua melhor amiga Hope foi a primeira vítima de uma série de assassinatos brutais ocorridos há muito, muito tempo e Torry tomou conhecimento desta realidade através da "visão". O que Tory não sabe é que o assassino espera pacientemente pelo seu retorno desde o primeiro crime e lhe dará apenas duas opções: usar seus dons para pegar o assassino ou se tornar a próxima vítima!

"Ela era minha melhor amiga. Nossa relação tinha a intensidade profunda e imediata que só as crianças são capazes de produzir. Formávamos uma dupla estranha: a loura e privilegiada Hope Lavelle e a morena e tímida Tory Bodeen.”

PrintScreen do filme
Falar sobre esse filme é diferente. Ele é baseado no livro Lua de Sangue da Nora Roberts, publicado pela Editora Bertrand que a Carol, resenhou aqui no Pretenses. (Clique para ler a resenha do livro). Para quem leu a expectativa é diferente de alguém que não conhece a história. Então falarei sobre o filme pra quem leu, tentando todo o tempo não estragar a experiência pra nenhuma das duas partes, quem leu e quem não leu.

Logo de cara os cenários e a trilha sonora impressionam por dar o "tom" correto ao filme, sabe aquele sentimento de que: ok! estamos no caminho correto, para o filme ser tão maravilhoso quando o livro. Outra coisa que amei, foi a forma que o filme começa, explica bem pra quem não conhece a história sem estragar a história pra quem já conhece.

Sou bem leiga pra falar de fotografia do filme, risos, mas posso elogiar me baseando em ter tirado prints ótimos do filme...O figurino é contemporâneo então não existe grande produção, mas segue fiel aos personagens da história.  A iluminação do filme pode parecer escura, mas dá o tom correto para o enredo. Aqui cabe bem lembrar que esse não é um romance, apesar de ter o romance na história. O tom é ditado pelas sombras no passado de Tory e nos eventos que estão acontecendo no presente.

A edição do filme poderia ser melhor, mas ainda penso que o que não gostei se deve ao fato de ser feito para televisão e não para o cinema num primeiro momento, então me pareceu um pouco que eram cenas feitas com a intensão de "Corta - comercial". A boa notícia é que não estraga o filme no contexto geral. O cenário é um show a parte, por ser uma história que foi publicada no EUA em 2000 e tudo condiz bem com a tecnologia e roupas da época em que foi publicada. O que de longe é o ponto alto na comparação das obras.

PrintScreen do filme
Sobre os atores, eles são no geral figuras carimbadas em outras séries americanas, como a atriz Claire Forlani que interpreta Tory que participou do CSI, e Oliver Hudson que faz o Cade Lavelle como ator em Nashville. Mas sem dúvida nenhuma o destaque vai pra atriz Josie Davis, no papel da Faith. Chega ser assustador a comparação entre a personagem que criei enquanto lia e a que assisti na tela. Sim, todo o restante do elenco seguiu esse padrão de semelhança que pra mim, conta muito para quem amou o livro como eu.

Sobre a história propriamente dita eu diria, quer você escolha por ver o filme e depois livro ou a ordem inversa, não vai influenciar negativamente. Apesar do filme ter os cortes na história que o livro explica e trabalha tão bem, não deixam quem está assistindo sem entender a trama, mas faz com que quem leu leia novamente, meu caso, e creio que aumente demais a vontade de ler em quem não leu. Outra coisa que amei é que sim! A química do casal principal existe mas o desconforto deles é tátil no filme o que é perfeito pra história. Os flashbacks no filme são fundamentais pra explicar a trama atual e alguns pontos que no livro ficam mais subentendidos do que explícitos. O final é arrebatador tanto no filme quanto no livro.

Eu pessoalmente não gosto da dublagem em geral, mas fica a opção pra quem prefere assistir no YouTube, sim eu sei, disseram que tinha no Netflix mas enquanto escrevia fiz a busca e no catalogo brasileiro, pelo menos, não consta. Então faça como eu e assista no youtube mesmo e não perca as emoções desse filme. Nem deixe de ler o livro.
Slainte!


--
*Fonte de informação e pesquisa: https://filmow.com/
*Assisti no link:

Nenhum comentário:

Postar um comentário