Mistérios da Noite ♣ Resenha


Esse livro não fazia parte da série noturna, por tanto não espere ligação com a série noturna, mas decidiram publicar a série noturna em dois livros e pra cada livro ter 3 histórias, adicionaram esse que também é um romance policial porém sem ligação alguma com os 5 livros anteriores.
Outro detalhe é que a harlequin não republicou essa história quando relançou a série noturna. Então vamos aguardar agora. Quem sabe não é relançada no formato livro? Vamos aguardar e torcer.

A história começa te apresentando a Maggie, que acabou de comprar uma casa, que estava abandonada por 10 anos. Logo descobre que ela fez isso movida por um desejo e um pressentimento, que Morganville em Maryland série enfim um lugar para recomeçar e "criar raízes".

Maggie Fitzgerald uma premiada compositora, viúva, dona de uma voz baixa e rouca. Outra coisa que colava nela quase como uma personalidade é ser filha de uma das maiores cantoras de blues dos EUA e de um ator infantil que se tornara um bem-sucedido diretor de cinema, e a Maggie ficou órfã dos dois. Agora ostentava o título de viúva de Jerry há dois anos.

“Não importa que a mulher fosse inteligente, bem-sucedida, independente. O homem, meramente por existir, alterara o escopo e o padrão de sua vida. ”

E sentiu que ali em Morganville poderia recomeçar, longe dos agitos de Beverly Hills. Que aos 28 finalmente teria sua chance. Mesmo com toda disposição de seu agente C.J. em demove-la dessa ideia. Mas Maggie está firme em seu propósito e começa ela mesma a transformar aquela casa em um lar, fazendo suas reformas e modificações ou contratando quem faça.

E para cuidar da área externa da casa, como muros de arrimos, encostas e vegetação. Como ela acredita em só contratar o melhor, contratou a empresa de paisagismo de Cliff Delaney um sujeito magnifico de 1,90m. ombros de uma largura impressionante, cabelos negros tipo atlético, definitivamente confiante.

O problema é que por ser ligado a família que vendeu a casa e também ser morador do local Cliff vai se encontrar com Maggie depois de um debate mental com ela onde ele decidiu que não gostava dela. Definitivamente a srta. Hollywood iria logo se entediar e ir embora, mas não antes de derrubar as arvores do local e transformar tudo numa casa de campo modelo.

As aparências enganam e tais debates mentais também. Porém além da antipatia inicial o decorrer da obra vai bem até, as escavações encontrem um corpo no local.

“Saber que Morganville era quieta e conservadora não mudava isso. Até uma cidadezinha quieta e conservadora podia ter seu lado negro. ”

Ai que a história fica realmente interessante. Primeiro quase todos os habitantes de Morganville, incluindo Cliff, tinham algum motivo para ter cometido o assassinato. Segundo esse homem teoricamente havia morrido em um acidente de carro e seu corpo não havia sido resgatado.

Eu comecei a ler sem me lembrar de lido a história antes, mas assim como a descoberta do corpo eu descobri que já havia lido e não me lembrava quem era o assassino. Então a releitura foi duplamente proveitosa e eu realmente adoro essa história.

“Se isso era fazer amor, ela fora inocente por toda a vida. Podia uma coisa com um nome gentil como amor exercer um efeito tão violento sobre o corpo? ”

Ela é rápida por ser um romance de banca, porém a história é impecável e com todas as pontas amarradinhas, todos os personagens tem seus finais e o mistério em torno do assassinato vai se afunilando e mesmo com as pistas é impossível descobrir quem cometeu o crime e porquê?

Outra coisa deliciosa é vê como Maggie continua reconstruindo sua vida, como ela adota a cidade como sua e como Cliff precisa rever seus pré-conceitos e abrir seu coração para a sua chance de ser feliz. A descoberta do assassino foi para mim uma surpresa, mesmo na releitura. Até porque quando lembrei quem era, não me lembrei de porquê. Eu realmente gostaria que essa história fosse mais elabora e com um pouco mais de história.
Slainte!

Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Mistério da Noite
Série Noturna #06
Título original: Night Moves
Páginas: 286
Ano de edição: 2009
Tradução: Oliveira Jr.
ISBN-13: 9788576879268
ISBN-10: 8576879263
Editora: Harlequin Brasil
Nota: 5

Sinopse
Seria tolice seguir seus próprios instintos?
Por 10 anos aquela casa ficara abandonada, mas a premiada compositora Maggie Fitzgerald sabia que poderia considerá-la seu lar. À procura de paz longe do agito de Los Angeles e das lembranças do acidente que matara seu marido, os instintos de Maggie a levaram em direção ao leste, e ela chegou à pequena cidade de Morganville, em Maryland, decidida a recomeçar a vida. A intuição de Maggie também dizia que Cliff Delaney, dono da empreiteira local, era a pessoa certa para reformar a casa. Entretanto, logo no início das obras, eles descobrem o corpo de um homem há muito desaparecido. E quase todos os habitantes de Morganville, incluindo Cliff, tinham algum motivo para ter cometido o assassinato…

Poderia Maggie confiar mais uma vez em seus instintos? Ou a verdade seria sua ruína?

9 comentários:

  1. Eu realmente adoro um romance, li muitos de banca na época das Sabeinas e Julias da vida! Mas Nora Roberts é a rop dos romances. Esse que você resenhou com um toque de mistério pelo corpo encontrado foca ainda mais gostoso de ler. Dica anotada!
    Danuzaeoslivros

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto bastante de romance ainda mais quando aborda muito mais que simplesmente "o romance". Gostei do fato que essa história também envolve um pouco de suspense com bastante mistério.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Nossa me lembrou um pouco a série Mortal, vc conhece??
    Adoro essa mistura de policial com romance! E eu tb faço isso de esquecer uma parte da história e aí releio e tenho as mesmas surpresas! hahaha é ótimo!!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Como não amar essa autora! Ela tem uma capacidade de mesclar romance, com mistério de uma forma intrigante e unica. Sem dúvidas encontrar um corpo durante uma reforma não deve ser nada fácil, ainda estar numa cidade onde todos parecem suspeitos. Gostei muito do fato da protagonista ser envolvida com música, é algo que eu realmente amo. Achei essa capa apaixonante, e como sempre a resenha só aumenta meu desejo por ter mais livros da Nora! Beijos Meninas <3

    ResponderExcluir
  5. Nossa para quem gosta de romance policial, esse livro deve ser um prato cheio não?!
    Cheios de mistérios e aquela melhor parte: todos são suspeitos ahahaha. Adoro quando vem pistas e ninguém consegue descobrir.
    Me veio a memória agora aquela novela onde no final todos queriam saber quem matou Odete Roitman. Bjus e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Elis! tudo bom? (:
    Eu adoro fazer releituras, que bom que você gostou! Essa trama é bem interessante, me deu curiosidade de saber mais sobre o que iria acontecer, quem é o assassino, como vai desenrolar o romance!! Anotei a dica! Parabéns, ficou ótima a resenha!
    Beijos, Yasmim.

    Blog: https://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá! Tudo bem??
    Como já disse várias vezes, amo a Nora Roberts pelo simples fato de seus livros não terem a história igual e por sua escrita ser espetacular! Amo cada livro dela! Amei sua resenha, está perfeita! Beijos 😘

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Ainda não li nenhum romance de banca, preciso me aventurar mais nesses livros e "Mistério da noite" parece ser muito bom. Gosto de romance policial e já fiquei intrigada imaginando o assassino e os motivos, parabéns pela resenha Bete, bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem ?

    Eu tenho que elogiar logo de cara estes trechinhos ressaltados, pois a escolha deles ajudou muito a reforçar que é uma ótima dica de livro. A sinopse está bastante atrativa , assim como a proposta e gostei bastante do seu ponto de vista, não deixa duvidas na hora de decidir comprar a obra.

    ResponderExcluir