Enfrentando o Fogo ♣ Resenha

Trilogia da Magia #03

“Bruxinha teimosa e orgulhosa, pensou, e então suspirou. (...) Orgulho e poder eram difíceis de resisti. ”

Nos livros anteriores, Mia não foi o fio condutor das histórias, mas assim como tudo nessa trilogia, todos estavam ligados ao todo. E a presença de Mia nunca foi o que se pode dizer que discreta. Nos livros anteriores, fiquei com a teoria do efeito borboleta na cabeça, e me perguntei sobre isso em relação a mim mesma. Qual extensão do efeito das minhas ações na vida das pessoas que me rodeiam?

“Duas das mais antigas e profundas paixões de Mia, pensou. Livros e flores. E ela os colocara na vitrine de uma forma que sugeria que já estava na hora de dar uma parada no trabalho pesado, sentar-se e aproveitar os frutos do trabalho cavalgando uma história envolvente. ”

Agora o foco é Mia, que também carrega o carma do terceiro elo da maldição. Diferente do que houve com sua “mãe” na magia Mia já amou verdadeira e intensamente e teve seu coração partido quando Logan virou as costas para ela e partiu. Ao invés de sucumbir como sua predecessora, ela investiu seu tempos e esforços no aprendizado das artes da magia, na construção de um negócio prospero e gratificante e na retomada dos elos com suas “irmãs”.

Samuel Logan, com seu retorno a ilha o que Mia deixou oculto nos livros anteriores vem à tona, o arrebatador romance que eles tiveram durante a adolescência, a partida de Logan para longe da ilha e consequentemente de Mia e mais sobre o papel de Sam na maldição;

Sam é dono de uma poderosa magia e mais um elemento no circul0; mas, nada o havia preparado para lidar com a nova Mia, a única mulher que sempre conseguiu abalar profundamente seu emocional. E aqui vemos o que realmente afastou os dois, afinal toda história tem dois lados e apenas uma verdade, que fica num ponto entre a história de cada parte.

“Em nenhum momento ele pensou na hipótese que ela talvez não o quisesse mais, ou não o amasse mais, e que isso também poderia ser a resposta certa. ”

Aqui a veia romântica incorrigível da Nora, tece uma história brilhante e arrebatadora de um amor que dura, que perdura mesmo após a morte. Porém, como Nora sempre escreve, o amor é um caminho doloroso porem compensador de ser percorrido. E que de todas as formas de amor a que nos faz felizes e inteiros é primeiro o amor próprio.

Após os livros anteriores o papel de cada uma das três fica exposto e bem definido. Porém é aqui que começam as surpresas e o brilhantismo da autora. Um círculo é infinito por não ter começo ou fim, mas toda a volta dele é parte do todo. E cada personagem principal ou não tem seu papel trazido à tona. O que deixa o livro com um toque surpreendente e maravilhoso.

Um personagem secundário, presente nos livros anteriores tem um papel de imensa relevância nessa história. Lulu. Que criou e teve uma importância fundamental na vida de Mia. Como o coração de Mia fora quebrado por Sam e mesmo assim ela resistira o mau procurou outros caminhos para atingi-la. E ler a respeito disso faz o coração do leitor ficar ansioso pelo próximo capitulo.

“- Aquela menina – disse ela, cutucando-o no peito com a ponta do dedo. – A minha menina. Ela quer se casar e ter filhos. Quer um homem com quem possa passar a vida inteira, para o que der e vier. ”

E não é o que queremos todos? A segurança de algo que dure? Em cada livro Nora tratou de uma dor, que para as primeiras três foram insuportáveis e acabaram por mata-las de um modo ou de outro. A depressão, a vingança e o suicídio.

Fiquei comovida e tocada por Nora ter tratado desse assunto, nesse livro de forma tão comovente e verdadeira. Sem romantismo ou enfeites. Que a sensação de luto e solidão podem realmente terminar uma vida antes que ela acabe, que amor e apoio da família e amigos pode ser uma corda para sair do fundo do poço e que o perdão liberta.

“- Algumas pessoas esperam que as coisas caiam do céu, no seu colo. (...). Jamais lhes ocorre que pode ser que seja necessário subir na tal da árvore, despencar dela uma ou duas vezes e levar alguns arranhões e pancadas até chegar na maçã. Porque, quando a maçã vale a pena, então também vale a pena o risco de quebrar o pescoço. ”

Essa história é mais densa que as anteriores porque o mau que vem para concluir seu intento de 300 anos, destruir e conquistar. E sinceramente já na reta final da história quando todas as cartas estão na mesa, o suspense aumenta com algumas previsões que Mia faz. E eu fiquei angustia e desesperada torcendo para a história não tomar o rumo que eu estava imaginando.

Outro ponto positivo dessa trilogia é que todas as teorias e pontas criadas durante os três livros foram respondidas e o final foi bem fechadinho. É possível também continuar acompanhando a vida dos outros personagens que não são deixados pelo caminho e cada um tem seu final bem definido. Dos três livros esse foi o mais pesado do ponto de vista do mau e sua maldade, tem cenas realmente fortes e práticas magicas bem mais intensas que a adoração da natureza e dos quatro elementos.

Terminei a última página dessa história de três livros arrebatada, cheia de lições valorosas para a vida, frases que levarei para sempre no coração e a certeza que como eu Nora também acredita que somos frutos de nossas escolhas, mesmo quando o destino traça alguns caminhos para nós. Essas mesmas escolhas nos fazem os únicos responsáveis por nossas alegrias e tristezas. E que ler um romance é sempre, sempre torcer para o amor vencer.

Slainte, Elis

Sobre o Livro ~ Informações Técnicas

Enfrentando o Fogo
Trilogia da Magia #03
Título Original: Face the Fire
Ano: 2017
Páginas: 364
Tradução: Renato Motta
ISBN-13: 9788528610475
ISBN-10: 8528610470
Editora: Bertrand Brasil
Nota: 

Mia Devlin sabe o que é amar com todo o coração e depois ver seu amor ir embora. Há muitos anos, ela e Sam Logan compartilharam laços incrivelmente fortes, construídos pelo destino com paixão e magia. Certo dia, porém, ele fugiu da Ilha das Três Irmãs, deixando-a perdida nas lembranças da intimidade que dividiam. 
Novo proprietário do único hotel do lugar, Sam retorna à Ilha das Três Irmãs com a esperança de reconquistar o afeto de Mia. Porém, fica intrigado quando ela o recebe com fria indiferença, pois percebe que a química entre eles ainda é muito forte e verdadeira. Zangada, magoada e muito confusa, Mia se recusa a admitir que a paixão por Sam ainda arde no seu coração. Mas ela vai acabar precisando dos seus poderes e da ajuda dele para enfrentar o maior e mais terrível desafio da sua vida. E, como o prazo fatal para quebrar uma maldição de vários séculos está se aproximando, eles precisam dar o primeiro passo em direção ao destino e se unir para afastar a terrível escuridão.

Especial ~. Outras edições

Enfrentando o Fogo
Trilogia da Magia # 3
Ano: 2004
Páginas: 392
Tradução: Renato Motta
ISBN-13: 9788528610475
ISBN-10: 8528610470
Editora: Bertrand Brasil

Sinopse
Enfrentando o Fogo é o terceiro livro da Trilogia da Magia, em que Nora Roberts evoca o charme singular da Nova Inglaterra, tecendo uma encantadora história de amor verdadeiro. Consagrada escritora de bestsellers, arrebata seus leitores com histórias comoventes sobre amizade, amor, amantes e espera. Dançando no Ar, o primeiro volume, é uma fábula que narra o destino e os inesperados caminhos do coração. O segundo, Entre o Céu e a Terra, conta a vida de três mulheres apaixonadas e poderosas.

Mia Devlin sabe o que é amar com todo o coração e depois vê o seu amor ir embora. Há muitos anos, ela e Sam Logan compartilharam laços incrivelmente fortes, construídos pelo destino com paixão e magia. Certo dia, porém, ele fugiu da Ilha das Três Irmãs, deixando-a perdida nas lembranças da intimidade que dividiam; a partir de então, determinou que viveria só.

Novo proprietário do único hotel do lugar, Sam retorna à Ilha das Três Irmãs com a esperança de reconquistar o afeto de Mia. Porém, fica intrigado quando ela o recebe com fria indiferença, pois percebe que a química entre eles ainda é muito forte e verdadeira. Zangada, magoada e muito confusa, Mia se recusa a admitir que a paixão por Sam ainda arde no seu coração. Mas ela vai acabar precisando dos seus poderes e da ajuda dele para enfrentar o maior e mais terrível desafio da sua vida. E, como o prazo fatal para quebrar uma maldição de vários séculos já está se aproximando, eles precisam dar o primeiro passo em direção ao destino e se unir para afastar a terrível escuridão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário