Resenha ~ Um sonho de Vida



“- Esse é o seu problema. – Laura, pequena, delicada e furiosa, também se levantou. – Tudo tem que estar em ordem, impecavelmente no mundo, no mundo de Kate. Mas a vida é confusa e complicada. ”

Caros Leitores
uma das vantagens de ser uma escritora é tornar-me - pelo menos durante o tempo necessário para escrever o livro - outra pessoa.

Para escrever bem, é preciso entrar na pele e personalidade da personagem. Em Um Sonho de Amor, consegui tornar-me a fascinante, encantadora e corajosa Margo Sullivan. Foi uma experiência agradável.

Em Um Sonho de Vida, o segundo livro da minha Trilogia do Sonho, tornei-me Kate Powell. Órfã aos oito anos, Kate foi criada pelos Templeton, e jurou que nunca os desapontaria. Ela é inteligente, perceptiva, irrequieta e ousada, com uma boa cabeça para cálculos. Como eu era péssima a Matemática na escola secundária, foi bastante emocionante para mim.

Gostei de focalizar a Kate nesta história, explorando o seu coração e a sua mente, ao mesmo tempo que continuava a desenvolver o relacionamento íntimo e afectuoso entre ela, Margo e Laura. Gostei de observá-la tendo uma participação mais ativa na direção da Pretenses, a loja incomparável que as três irmãs de coração criaram. E, como não podia deixar de ser, gostei dos passos e estádios do seu romance com o belo hoteleiro Byron De Witt. Aí está um homem, na minha opinião, que pode fazer com que até a pragmática Kate esqueça que dois e dois são quatro.

Espero que gostem, tal como eu gostei, de acompanhar a vida da Kate, à medida que as suas necessidades se vão alterando e transformando, enquanto ela se debate com a perda de um sonho e o início de outro.
Nora Roberts

Resenha ~ Uma Noiva para Winterborne


Os Ravenels #02
Baixe um Trecho do Livro
Resenha da história Anterior: Um sedutor sem coração

Geeeente!!!!!!!!!!!!!!!! Que livro foi esse??? Uma noiva para Winterborne me conquistou nas primeiras páginas e me cativou até o final... Ma.ra.vi.lho.so! Agora para tudo. Se você não leu o livro anterior, não leia esta resenha, pois, terá comentários sim do outro para falar deste livro, não tem como não comentar, mas evitarei ao máximo contar detalhes deste livro para vocês não perderem a expectativa e toda emoção da história.

Caso você já tenha lido, não deixe de comentar no final para eu saber o que você achou desta história, declaro que se você não gostou seremos inimigos mortais... serei obrigada a te odiar por 1 hora... kkkkkk... depois passa, afinal ninguém é obrigado a ter os mesmos gostos, a diversidade é o que move a leitura e o mundo literário.

Resenha ~ Ao Pôr do Sol



O que falar de uma história tão fantástica, sem dar spoiler é o meu desafio nesta resenha. Por isso vou abordar um pouco mais do enredo em torno da sinopse e falar as minhas impressões sobre este livro, que assim como os últimos lançamentos da Bertrand veio cheio de suspense, drama e mistério na medida certa para deixar nosso coração apertado de expectativa. Ao Pôr do Sol é simplesmente maravilhoso!!!

Abordando uma família rancheira tradicional de Montana, essa história retrata situações familiares vividas através de quatro gerações e as consequências que todos tiveram que conviver com as decisões individuais ou em conjunto que foram tomadas, tanto para o bem, como para o mal. Podemos ver vários pontos típicos e tradicionais na escrita da Nora e assim, ao mesmo tempo em que temos uma sensação de familiaridade, nos deparamos com algo totalmente novo.

O livro segue o padrão que a Nora tem nos volumes únicos de ser dividido em partes que nos norteia para onde a trama da história está seguindo. Este livro tem quatro partes, sendo que nas duas primeiras temos uma intercalação nos capítulos entre o passado e os dias atuais, até a união dos fatos na terceira parte.