Resenha ~ Lady Whistledown contra-ataca

Dueto Beijos Roubados
Baixe um Trecho do Livro

Oi pessoal, tenho certeza que todo mundo que ama o gênero de romances de época é apaixonada pela Julia Quinn, mas existem várias outras autoras maravilhosas também e neste livro temos a oportunidade de conhecer a escrita de outras três autoras. Para mim esta foi uma forma linda da Julia homenagear uma personagem que tanto amamos da sua série de maior sucesso, Os Bridgertons. Confesse que assim como eu você sentiu saudades da Lady Whistledown e seu folhetim de fofocas. Vejo neste livro uma forma de apoio de uma autora ao trabalho de outras autoras que deve ser valorizado.

Temos então, podemos dizer pelo tamanho das histórias, que são quatro contos, que tem como ponto chave o roubo de uma joia, ocorrida na concorrida festa de Lady Neeley, onde todos os participantes dos contos se encontravam e alguns acabam sendo suspeitos do crime, tudo isto devidamente relatado na coluna de Lady Whistledown. Vale destacar que foi um lindo trabalho em conjunto, pois as histórias acontecem simultaneamente, mas contadas em separado e a ordem cronológica está toda certinha, podemos acompanhar pelas datas de publicação dos folhetins bem como algumas passagens que se repetem entre as histórias.

Especial Perigo ~ Nora Roberts


post de hoje é um especial do livro Perigo - Um livro que contem três histórias publicadas no início da carreira de Nora (Inicio dos anos 80). Todas as história, possuem em comum homens que surgem de maneira inesperada na vida de certas mulheres, tornam-se seus amantes e cada um  esconde um segredo que coloca em risco a vida de cada uma delas.

Se você está a fim de ler um romance policial que tem uma leitura simples e bem legal,  ótima para descontrair e relaxar, super recomendo., são do tipo sessão da tarde, então saiba que mesmo não sendo a história da sua vida, pode te fazer querer ler de novo de vez em quando.

Na nova fase da editora Harlequin no Brasil, eles republicaram 02 das três histórias em edições separadas, revistas e atualizadas. Aproveite pra conhecer cada uma, e escolher qual vai te colocar em Perigo com a personagem principal na sua próxima leitura!!

Slainte, Elis
 Clique e leia as resenhas de : 

Resenha ~ História de um grande Amor


Oi Noraholics, creio já ter expressado meu imenso amor por romances, e este amor surgiu com a leitura dos livros publicados na minha juventude pela Editora Nova Cultural, que posteriormente passou a ser pela Harlequin Books Brasil. Livros que receberam o apelido de romances de banca, por serem seus locais habituais de venda, mas que também poderiam ser comprados por assinatura. Livros publicados em séries com nome de mulheres (Julia, Bianca, Sabrina) e num formato pra se levar na bolsa e de valor bem mais acessível que os livros de brochura de livraria e tendo como publico alvo as mulheres casadas, mas, que justamente pelo seu valor e fácil acesso para compra, sempre foi adquirido também pelo publico adolescente e jovem e com certeza, muitas vezes eram lidos escondidos dos pais.

Julga muito errado quem fala mal destes livros e suas histórias, principalmente porque a maioria das autoras de romances internacionais consagradas começaram suas publicações assim, através desta linha simples de publicação editorial. Hoje existe a plataforma digital, mas não se compara a um livro impresso. Havia uma série chamada de Clássicos Históricos, hoje bem conhecido como Romances de Época que estão tendo suas histórias republicadas no país através de várias editoras grandes e todo mundo está amando adquirir, além de outras que nunca antes foram publicadas no Brasil, mas, que quem ama este gênero com certeza já leu em pdf a maioria.

Quero falar de uma relíquia que tenho, uma história da consagrada Julia Quinn, publicada em 2008 no Brasil pela Nova Cultural e que espero com ansiedade a republicação dela pela Arqueiro, para ter o livro com uma qualidade de impressão melhor. “História de um grande Amor” é um dos meus livros favoritos desta autora e guardo com muito carinho a edição que tenho.


"Um romance maravilhoso" Nora Roberts (orelha do livro)