Natal Mortal • Livro #07


Livros publicados no Brasil

Olá pessoa, esse livro foi difícil de resenhar, apesar de ser uma leitura muito prazerosa. Muito disso porque a história tem a base na música "Os Doze Natais". Para quem é fã da Nora escrevendo como JD talvez não saiba. Mas na saga dos Macgregors essa mesma canção foi usada de uma forma tão doce e romântica que foi impossível não se chocar com as nuances que ela ganhou nesse livro. E tornou um desafio para mim resenhar, falando dos acontecimentos em Natal Mortal. Mas vamos lá.

Um data ligada a presentes, boa vontade e festas, mas essa nunca foi uma verdade na vida de Eves Dallas porém agora ela tem tudo que nunca teve em sua vida. Amigos, além de sua inestimável Mavae e um marido. Mas o mundo de Dallas continua o mesmo no ambiente policial e em meio às festividades de Natal, um criminoso está à solta, fantasiado de Papai Noel.

"— É uma velha canção de Natal, tenente. O nome é "Os Doze Dias do Natal". O autor envia ao seu verdadeiro amor um presente para cada dia, começando com uma perdiz numa pereira."

Cabe à tenente Eve Dallas procurar as respostas e desvendar o mistério e em meio a tudo isso se preparar para lidar com uma data que sempre foi de dor e sofrimento pessoal. Para isso, deverá evitar o envolvimento emocional, ignorar as fraquezas e superar os próprios traumas.

Resenha ~ Projeto Duquesa

 Série Dinastia dos Duques #01

Leia um trecho da históriaistória

Baixe o spin-off gratuitamente, clicando aqui!

Olá pessoas, hoje vou falar sobre uma das novas autoras de romance de época do catálogo da Arqueiro, Sabrina Jeffries e o primeiro livro da série Dinastia dos Duques, que recebeu o título no Brasil de Projeto Duquesa. Confesso que fui fisgada pela escrita da autora logo na primeira página pelo humor da cena e li o livro todo super rápido, além de ser uma história moderadamente pequena com 300p, também foi muito bem desenvolvida.

Logo de início ao ver a arvore genealógica da família e como uma dama conseguiu casar-se com três duques, mesmo que o terceiro se tornou bem depois e ter filhos homens nos três casamentos para herdarem o título e os bens da família já me deixou curiosa sobre como a autora pretende desenvolver as histórias e como será os personagens. Isso com certeza me prendeu na leitura pois eu queria entender tudo o que estava sendo contado, bem como absorver todos os personagens apresentados.

Resenha ~ Esplêndida, A história de Emma

Damas Rebeldes #01

Oi pessoal, nesta resenha vou escrever sobre o primeiro livro escrito pela Julia Quinn, mas que está sendo publicado agora pela Arqueiro. Ele também é o primeiro da trilogia, “Damas Rebeldes”. Gosto muito da JQ, apesar de seus livros ter seus altos e baixos no meu gosto, confesso que tem algumas histórias que não curto muito, mas este, talvez porque li sem nenhuma expectativa me surpreendeu e eu amei.

Primeiro, o livro exalta a posição feminina mostrando todas as dificuldades enfrentadas pelas mulheres neste contexto histórico, segundo, a personalidade da mocinha não se deteriora durante o livro, ela em momento nenhum se contentou com o que lhe era imposto pelos costumes da sociedade e não mudou seu jeito de ser, ela se adaptou a sua nova vida continuando a mesma. Se adequar não significa se conformar ou se submeter.